No ar desde Maio de 2010
Copyright © 2010 - 2012 - Todos os direitos reservados. 

Pedigree e Seleção

 

PEDIGREE

 

O pedigree dos Pastores Alemães contém informações dos pais, avós, bisavós e trisavós do titular, especificando não só o nome deles como dados de qualificação. Por exemplo, o grau da licença para acasalar de cada um.

Se o pedigree que se tem em mãos mostra que toda a ascendência do cão possui a licença de acasalamento mais complexa, que é o Selecionado para Criação classe 1, é possível concluir que o titular daquele pedigree descende de cães que passaram pelo máximo do controle de qualidade existente, o que é um grande indicador de sua própria qualidade, dessa forma se tem uma idéia do que podem esperar do seu cãozinho em termos de aparência, temperamento e etc. Também é mais fácil conhecer o histórico de doenças dos seus antecessores.

Infelizmente, ainda assim, um cão filho de excelente procedência pode vir a apresentar pequenos desvios, isso é normal na natureza, porém adquirir um exemplar com boa linhagem, com pedigree de criadores sérios e dedicados é a melhor forma de se comprar um ótimo companheiro.

É muito comum uma pessoa comprar um filhote de "Pastor Alemão" sem pedigree e depois assistir o seu cão se desenvolver fora do padrão, com desvios de comportamento, temperamento e problemas de saúde.

Cães de boa procedência têm um custo mais alto, mas trazem grandes benefícios, estando menos propícios a doenças e gastos extras. Evite comprar um Pastor Alemão sem esse valioso documento, isso é importante para o cão e para sua família.

Existem 3 tipos de pedigree:

• Branco (o mais simples): Quando os pais não são selecionados e tem apenas o chamado Permitido para criação.
• Azul: Quando somente um dos pais é selecionado (tem pedigree rosa)
• Rosa (grau mais alto): Quando os pais têm seleção I, e cumpriram todas as exigências da prova de seleção.

SELEÇÃO

 

Os cães a serem acasalados precisam de uma licença de acasalamento. Há vários graus de licença e as exigências variam entre eles.

O mais simples chamado Permitido para Criação Inicial dá autorização para apenas um acasalamento e requer três condições:

• O cão não apresentar faltas desqualificantes mencionadas pelo padrão oficial.
• Não reagir com medo à prova de tiro e não reagir com medo ou agressividade diante do avaliador, que necessariamente é um membro autorizado da Comissão de Criação da Sociedade.

Já o grau mais complexo, o Selecionado para Criação classe 1, permite que os machos acasalem até 60 vezes por ano e as fêmeas, em todos os cios, sob recomendação de descansarem por um deles após duas gestações seguidas. Para obter essa licença, o cão deve cumprir às seguintes exigências:

• Não ter faltas desqualificantes;
• Não reagir com medo à prova de tiro;
• Não demonstrar medo ou agressividade diante da aproximação do avaliador;
• Ser aprovado num teste de coragem;
• Ter classificação "excelente" no que se refere à estrutura e à movimentação; apresentar laudo de displasia "A", que significa que não possui a doença ou que a possui em grau que não o contra-indica para reprodução;
• Ter, pelo menos, o certificado conhecido por CAB (cão de adestramento básico)

Este último atesta que ele foi aprovado num teste que comprova sua aptidão em vários exercícios de obediência básica e de equilíbrio, como sentar e deitar sob comando e não demonstrar agressividade ao caminhar com seu dono no meio de várias pessoas desconhecidas, presenciando-o inclusive ser cumprimentado por uma delas de maneira inesperada.

É claro que o controle de criação do Pastor Alemão não garante 100% que os filhotes serão perfeitos, por isso a importância de se adquirir filhotes apenas de criadores sérios, que tenham experiência que trabalhem pelo melhor futuro da raça.